Cuiabá, 27 de novembro de 2020

Sono moderado

Por: Ana Claudia Fortes - 17 de novembro de 2020

Auditor público externo do TCE, Francisney Liberato Batista Siqueira

Dormir é bom, mas estar acordado é melhor ainda. Muitos indivíduos parecem que vivem para dormir e não dormem para viver. É a vontade e o desejo de descansar e dormir excessivamente.

Temos 24 horas por dia para alcançar os nossos sonhos e objetivos diariamente. É necessário que organizemos a nossa agenda para que tenhamos uma produtividade satisfatória do nosso tempo.

Algumas pessoas dizem que o ideal seria repartir as 24 horas que temos disponíveis em três partes, 1/3 para cada grupo de atividades, quais sejam: 8 horas para trabalhar, 8 horas para lazer e convívio com os amigos e familiares e 8 horas para dormir.

Eu, particularmente, como um bom cuiabano, costumo dormir após o almoço, aquela sesta que alguns denominam “soninho da beleza”. Nem sempre consigo dormir efetivamente, porém, apenas o fato de descansar, de fechar os olhos por 30 minutos já me fornece combustível extra para trabalhar com alta performance na sequência do dia.

É claro que também depende do fator idade de cada ser humano. Nós temos uma quantidade mínima e máxima ideal de horas por dia para que tenhamos um descanso adequado para o nosso perfil.

O site “Tua Saúde” nos apresenta uma tabela sobre a idade versus a quantidade de horas que devemos dormir diariamente.

Idade                                     Quantidade de horas que deve dormir

Bebê de 0 a 3 meses            14 a 17 horas por dia e noite

Bebê de 4 a 11 meses          12 a 16 horas por dia e noite

Criança de 1 a 2 anos           11 a 14 horas por dia e noite

Criança de 3 a 5 anos           10 a 13 horas por dia e noite

Criança de 6 a 13 anos           9 a 11 horas por noite

Criança de 14 a 17 anos         8 a 10 horas por noite

Adultos a partir dos 18 anos    7 a 9 horas por noite

A partir dos 65 anos                 7 a 8 horas por noite

Vale ressaltar que para dormir deve haver a implantação de um ritual em nossa vida, ou seja, a criação de uma rotina. Hora de dormir, preparação para dormir, momento de acordar, a ingestão ou não de alimentação ou líquido etc.

A carência de quantidade de horas diárias de sono pode trazer severas consequências para o nosso organismo, tais como: falhas de memória, cansaço excessivo, olheiras, envelhecimento, estresse, descontrole emocional, enfim.

Já vimos que é necessário ter um sono adequado, com qualidade e moderado todos os dias para que tenhamos uma maior produtividade em nossa vida. Porém, se houver excesso de quantidade de horas de sono é provável que teremos problemas físicos como também de outros aspectos.

O livro de Provérbios 20:13 nos apresenta a seguinte citação: “Não ame o sono, senão você acabará ficando pobre; fique desperto, e terá alimento de sobra”.

A Bíblia é contundente ao afirmar para aqueles que gostam de dormir demasiadamente que devem ficar em alerta, pois provavelmente terão problemas financeiros e de progresso em suas vidas.

Não permita que o excesso de sono destrua a sua vida. Seja inteligente e trabalhador, busque os seus objetivos a fim de ter uma vida mais adequada e mais feliz.

Não ame o sono. Não odeie o sono. O ideal é buscarmos um equilíbrio em nossas vidas para que consigamos executar todas as nossas tarefas, com louvor.

É bom dormir. É bom descansar. É bom relaxar. É bom ter tranquilidade, entretanto, saber moderar a quantidade de horas de sono e fazer antes todas as suas tarefas, executar as suas metas e alcançar os seus objetivos devem preponderar sobre o seu excesso de sono.

Devemos fazer, primeiro, as nossas obrigações diárias. Temos que nos atentar a isso para que não tenhamos um presente e um futuro trágico. É sim possível organizar a nossa vida, ter uma melhor gestão do nosso tempo, para que saibamos aproveitar com mais eficiência as horas do dia.

Vamos moderar a nossa vida? Ter uma noite tranquila e suave é muito bom, porém, saber gerenciar o nosso tempo para fazer as nossas atividades, e não permitir que o excesso de sono e a preguiça dominem a nossa mente, é muito saudável. Progrida e desenvolva sua vida tendo um sono tranquilo.

Vamos ter uma vida em abundância! Basta tentar e persistir.

* Francisney Liberato Batista Siqueira é auditor público externo do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, palestrante nacional, professor, coach, mentor, advogado e contador. Autor dos livros ‘Mude sua vida em 50 dias’, ‘Como falar em público com eficiência’ e ‘A arte de ser feliz’.